Logon

Newsletter

Saúde e Bem-Estar - 10/08/2017

Cigarro faz mal à saúde e ao bolso

Brasil tem prejuízo anual de R$ 56,9 bilhões apenas com o tabagismo

 

 

Os males à saúde causados pelo cigarro já são conhecidos pela sociedade, com o tabagismo sendo responsável por quase 50 doenças, principalmente as cardiovasculares, o câncer e as respiratórias, como enfisema e bronquite, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Porém, o prejuízo financeiro trazido pelo cigarro não é tão evidente.

Um estudo do Inca e do Ministério da Saúde denominado “Tabagismo no Brasil: Morte, Doença e Política de Preços e Esforços”, produzido em 2015, mostra que o Brasil tem uma perda anual de R$ 56,9 bilhões com o cigarro. Desse total, R$ 39,4 bilhões são gastos com despesas médicas e R$ 17,5 bilhões com custos indiretos ligados à perda de produtividade, causada por incapacitação de trabalhadores ou até por morte prematura.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a epidemia de tabagismo permanece como a maior ameaça à saúde pública que o mundo já enfrentou. Os produtos de tabaco matam dois em cada três de seus consumidores e afetam também a saúde de pessoas que não fumam, mas que inalam a fumaça desse produto.

A boa notícia é que o cenário no Brasil vem melhorando. Pelo menos é o que mostra uma pesquisa realizada em 195 países entre os anos de 1990 e 2015, financiada pela Bill & Melinda Gates Foundation e pela Bloomberg Philanthropies, que apontou que o Brasil conseguiu reduzir o número de fumantes nos últimos anos, de 29% para 12% entre homens e de 19% para 8% entre mulheres.

O dia 29 de agosto é o Dia Nacional de Combate ao Fumo, uma data criada para despertar a conscientização desse hábito que ainda prejudica a saúde, o bolso e o meio ambiente, já que a fumaça contém substâncias tóxicas. Como forma de estimular a redução do fumo e consequente melhoria da qualidade de vida da população, o Brasil adotou, nos últimos anos, leis que proíbem fumar em locais fechados e o fim das propagandas de cigarro.

Os ganhos são enormes para os que conseguem deixar esse hábito e começar uma vida nova. A tarefa não é fácil, mas nunca é tarde para começar. Procure um especialista e ponha em prática essa missão!


Fontes:
http://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?id=2588
http://g1.globo.com/bemestar/noticia/estudo-diz-que-cigarro-causa-uma-em-10-mortes-no-mundo-e-coloca-brasil-como-historia-de-sucesso.ghtml