Logon

Imprensa

14/10/2016

Marcelo Mancini será o novo CEO da Prudential do Brasil

Fabio Lins deixará a companhia após mais de 14 anos na Prudential

A Prudential do Brasil anunciou hoje que seu atual presidente e CEO, Fabio Lins, comunicou sua intenção de deixar a empresa no final de março de 2017, com o objetivo de dedicar-se a projetos pessoais. Como resultado desse anúncio, a Prudential do Brasil nomeou Marcelo Mancini Peixoto, atual vice-presidente executivo, como presidente e CEO adjunto da companhia. Para assegurar uma transição tranquila, Mancini e Lins trabalharão juntos nos próximos meses e Mancini assumirá a posição de presidente e CEO na saída de Lins.

Lins integrou a Prudential do Brasil por mais de 14 anos, atuando como COO e, posteriormente, como presidente e CEO, posição que ocupou por quase sete anos. Além do papel de liderança de Lins dentro da empresa, ele também participou ativamente de várias organizações da indústria, incluindo a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg); a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi); a Associação de Seguros de Vida e de Fundos de Pensão do Brasil; e o Conselho Empresarial de Seguros e Resseguros da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ).

"Quero agradecer ao Fabio por sua liderança e pelo grande impacto que ele gerou no negócio e nas pessoas que fazem parte da Prudential do Brasil. Gostaria de desejar sucesso a ele e à sua família na próxima fase de sua vida pessoal", declarou James Weakley, Presidente da Prudential International Insurance para Europa e América Latina. "Ao mesmo tempo," Weakley complementa, "estou feliz de que Marcelo, dado a seus anos de experiência, esteja pronto para assumir a função de CEO e dar continuidade ao trabalho do Fabio para assegurar a segurança financeira dos brasileiros".

Lins deixará a empresa no final do primeiro trimestre de 2017. Até lá, ele trabalhará muito próximo a Mancini para garantir uma transição tranquila. Mancini está na Prudential do Brasil há mais de dez anos, estando muito envolvido em todos os aspectos do negócio e, mais recentemente, liderando a aquisição (ainda pendente) da empresa de seguro de vida em grupo do Itaú.  Antes disto, ele era o CFO da empresa. Seu conhecimento no setor de seguros e sua posição de liderança dentro da empresa fazem dele a pessoa ideal para continuar o sucesso que a Prudential do Brasil conseguiu sob a gestão Fabio Lins. A liderança para o negócio de vida em grupo será anunciada em algumas semanas.

"Aproveitei muito minha carreira na Prudential do Brasil, mas estou ansioso para desenvolver mais plenamente meus interesses pessoais", disse Lins. "A missão de trazer segurança financeira para os brasileiros é algo pela qual eu sei que Marcelo tem grande paixão. Ele traz grande experiência e talento para o papel de CEO, e estou certo de que a empresa irá prosperar sob sua liderança."